Como abrir um CNPJ – MEI (Micro empreendedor individual)

Cancelar

Dá-se o nome de Micro Empreendedor Individual – MEI, ao indivíduo que trabalha por sua própria conta, e que tem a função de Micro Empresário legalizada. Dessa forma, o trabalhador em situação informal poderá trabalhar totalmente dentro da lei, e dentre as várias vantagens desse processo, ele também poderá abrir um CNPJ, que é o Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas.

As Vantagens de abrir um CNPJ e ser um Micro Empreendedor Individual

Uma das vantagens de se tornar um MEI – Micro Empreendedor Individual, é a possibilidade de abrir um CNPJ. E estando registrado no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas – CNPJ, o trabalhador autônomo poderá, por exemplo:

  • Abrir uma conta bancária para a sua empresa
  • Emitir notas fiscais pelos seus serviços
  • Ter uma maior facilidade para conseguir empréstimos

O Imposto de Renda do Micro Empreendedor Individual também estará catalogado no Simples Nacional, que é uma modalidade de imposto que é isenta dos Tributos Federais, devendo pagar somente um valor fixo, dependendo do setor de sua função, que gira em torno dos cinquenta reais mensais.

Apenas com essa contribuição mensal e fixa, o trabalhador autônomo que está registrado como Micro Empreendedor Individual – MEI, e é portador de um CNPJ – Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas, poderá ter acesso aos seguintes benefícios, entre outros:

  • Aposentadoria
  • Auxílio doença
  • Auxílio maternidade

Como abrir um CNPJ e se formalizar como um MEI?

O processo de formalização de um trabalhador autônomo como um MEI – Micro Empreendedor Individual, é bem descomplicado e totalmente gratuito. O trabalhador autônomo interessado em se formalizar como um MEI e abrir um CNPJ, legalizando a sua profissão, deverá acessar o Portal do Micro Empreendedor do Governo, e preencher um formulário de inscrição.

O formulário de inscrição se encontra neste link: http://www.portaldoempreendedor.gov.br/mei-microempreendedor-individual/formalize-se

Após o cadastramento através deste formulário, o trabalhador já obterá o seu CNPJ e a sua

inscrição na Junta Comercial, automaticamente, sem a necessidade de enviar nenhum tipo de documento como forma de comprovação.

Após abrir o CNPJ e formalizar-se como MEI

Após se inscrever através do link e receber seu CNPJ, o empreendedor legalizado passa a ter alguns custos mensais de manutenção de sua legalidade. Ele deverá pagar, mensalmente:

  • 5% do valor de um salário mínimo ao mês para a Previdência
  • Se a atividade for de Comércio ou Indústria, 1 Real por mês para o Estado
  • Se a atividade for Prestação de Serviços, 5 Reais por mês para o Município

Esses valores mensais serão recolhidos mensalmente através do DAS – Documento de Arrecadação do Simples Nacional, que pode ser gerado através da internet, e tem o pagamento autorizado a ser feito em bancos e casas lotéricas, até o dia 20 de todo mês.

Sobre vinicius Felix Marouelli

vinicius Felix Marouelli Escreveu 19 posts nesse blog.

Como abrir um CNPJ – MEI (Micro empreendedor individual)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *